Informação CEDEAO

CEDEAO realiza reunião virtual para levantar as necessidades das redes de mulheres no desenvolvimento (wid) que implementam projetos de desenvolvimento da cooperação transfronteiriça na áfrica ocidental

11 Set, 2021

Abuja, 9 de setembro de 2021 – a Comissão da CEDEAO, através da Direção de Livre Circulação do Departamento de Comércio, Alfândegas e Livre Circulação, organizou uma reunião virtual de um (1) dia sobre o Levantamento de Necessidades das Mulheres no Desenvolvimento.

Essa reunião foi convocada para identificar as áreas de intervenção, as Lacunas, os Desafios e as Necessidades das redes de mulheres no desenvolvimento (WID) a fim de lhes apoiar a nível regional no âmbito do Programa de Apoio Regional da CEDEAO à Cooperação Transfronteiriça (ECBCSP) no período de 2021 a 2025 e no âmbito do Fundo da CEDEAO para a Cooperação Transfronteiriça, Livre Circulação e Migração (CBC-FMM), recentemente adotados pelos Ministros da CEDEAO responsáveis pela Cooperação Transfronteiriça e ratificados pelo Conselho de Ministros da CEDEAO aquando da reunião desta em janeiro de 2021. O ECBCSP é um Programa de desenvolvimento multissetorial que visa reforçar a cooperação entre as Populações, os Estados e os Mercados de forma a acelerar e aprofundar a Integração Regional a partir da base.

Trabalha com as comunidades locais nas regiões fronteiriças em garantir a coesão social, a construção regional e o desenvolvimento sustentável. Apoia iniciativas conjuntas de desenvolvimento socioeconómico e integra a perspetiva do Género nas suas ações. A reunião regional contou com a presença de mais de 73 participantes oriundos de todos os Estados-membros da CEDEAO e de representantes da Comissão da CEDEAO.

No seu discurso de abertura, o Senhor Tei Konzi, Comissário da CEDEAO para Comércio, Alfândegas e Livre Circulação deu a todos os participantes as calorosas boas-vindas à tão importante reunião e louvou todos os Atores pelos esforços envidados no sentido de levar avante a Agenda de Integração Regional da CEDEAO. Relembrou a todos que, parte dos objetivos do Programa ECBCSP incluía o reforço da cooperação transfronteiriça, a consolidação da paz, da estabilidade e do desenvolvimento e o apoio à implementação de projetos comunitários locais dirigidos pela economia. Afirmou que essa reunião de levantamento foi organizada para identificar e documentar as necessidades das mulheres nas Regiões Transfronteiriças e informar e apoiar a implementação de projetos transfronteiriços de desenvolvimento do género.

A senhora Bolanle Adetoun, Diretora do Centro da CEDEAO para o Desenvolvimento do Género, disse, nas suas observações, estar satisfeita com a grande afluência de pessoas e a participação de Atores Nacionais e Locais na reunião virtual destinada a reforçar o apoio às Mulheres no Desenvolvimento. Disse não deixar de ser necessário assinalar que fosse preciso apoiar as ações das mulheres no desenvolvimento, sobretudo no domínio do Comercio e da Livre Circulação em prol do desenvolvimento sustentável e referiu que, no domínio do comércio transfronteiriço na região, cerca de 70% do volume de negócio era realizado pelas mulheres, o que as tornou num fator crítico no discurso e na ação para o desenvolvimento. Opinou que o comercio transfronteiriço realizado pelas mulheres assegurava a subsistência de muitas famílias nas comunidades fronteiriças e que se deveria redobrar os esforços no sentido de apoiar essas iniciativas de desenvolvimento da cooperação transfronteiriça com o fim de promover a integração regional, sobretudo, através da Iniciativa da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA). Observou que o ultrapassar dos desafios e dos constrangimentos com que as mulheres comerciantes vinham deparando nas comunidades fronteiriças contribuiria muito para a promoção da estabilidade e do desenvolvimento económico no espaço CEDEAO.

A reunião suscitou intercâmbios interessantes sobre intervenções a nível local e as necessidades das mulheres no desenvolvimento para além das fronteiras e terminou com decisões e recomendações conjuntas que serviriam de base para a identificação e concessão de apoio aos Projetos de Desenvolvimento das Mulheres nas Zonas transfronteiriças da CEDEAO.

Estados Membros